Alimente os peixinhos clicando sobre a água, eles agradecem!
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 19 de março de 2012

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Natal Informático


Dê um CLIQUE DUPLO neste NATAL!
ARRASTE JESUS para seu DIRETÓRIO PRINCIPAL.
SALVE-O em todos SEUS ARQUIVOS PESSOAIS.
SELECIONE-O como seu DOCUMENTO MESTRE.


Que Ele seja seu MODELO
para FORMATAR sua vida:
JUSTIFIQUE-a e ALINHE-a
À DIREITA e À ESQUERDA,
sem QUEBRAS na sua caminhada.


Que Jesus não seja apenas
um ÍCONE, um ACESSÓRIO,
uma FERRAMENTA, um RODAPÉ,
mas o CABEÇALHO,
a LETRA CAPITULAR,
a BARRA DE ROLAGEM de seu caminhar.


Que Ele seja a FONTE da graça
para sua ÁREA DE TRABALHO,
o PAINTBRUSH para COLORIR seu sorriso,
a CONFIGURAÇÃO de sua simpatia,
a NOVA JANELA para VISUALIZAR
o TAMANHO de seu amor,
o PAINEL DE CONTROLE,
para CANCELAR seus RECUOS
COMPARTILHAR seus RECURSOS e
ACESSAR o coração de suas amizades..


COPIE tudo que é bom
DELETE seus ERROS.
Não deixe à MARGEM ninguém,
ABRA as BORDAS de seu coração,
REMOVA dele o VÍRUS do egoísmo.


Antes de FECHAR,
Coloque JESUS nos seus FAVORITOS
e seu Natal será o ATALHO
de sua felicidade!
CLIQUE agora em OK
para ATUALIZAR seus CONTEÚDOS!

Sugestão de Planejamento



TRABALHO DO CURSO: APRENDENDO COM AS TICS

PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES

E. M. PROFª EDA MOREIRA DAFLON

Profª do Laboratório: Marta Gomes da Costa Porto

Tema: As tecnologias e seus avanços

Ano de escolaridade: 4º e 5º ano

Mídias e/ou softwares utilizados: Google, Google Docs, You tube, e-mail, editor de texto e Blog;
Tipo de utilização do software/objetivos:

( x ) sensibilização ( x ) ilustração ( ) simulação
( x ) conteúdo curricular ( x ) produção de trabalhos
( ) avaliação ( x ) pesquisa ( ) outros

Conteúdo curricular: Atividades Integradas
Desenvolvimento:

1ª aula: O professor explicará as atividades que serão realizadas durante o mês, e que as mesmas acontecerão em etapas.
Os alunos utilizarão o You Tube, para assistirem um vídeo sobre a evolução das diversas tecnologias. A seguir, eles pesquisarão sobre as mesmas e a sua utilização, desde
os primeiros computadores até os tablets, seguindo um roteiro pré-estabelecido pelo professor.

2ª aula : Nesta aula, os alunos selecionarão as imagens e os itens mais importantes, pesquisados anteriormente, que serão salvos em editor de texto. O professor dará suporte, para que os alunos selecionem os conteúdos de forma coerente.

3ª aula: O professor orientará os alunos a criarem um e-mail e a utilizá-lo, para dar continuidade aos trabalhos relacionados anteriormente.

4ª aula: Nesta etapa, os alunos de posse das pesquisas feitas e das imagens salvas em arquivo, montarão num organograma uma linha do tempo, mostrando a evolução das novas tecnologias até a atualidade. Eles colarão as imagens e escreverão de forma resumida a respeito de cada item, registrando as datas correspondentes aos mesmos.
Finalizando os alunos salvarão a atividade no editor de texto.


5ª aula: Nesta etapa final, o professor orientará os alunos a utilizarem o Google Docs, onde os mesmos postarão a linha do tempo criada, possibilitando o compartilhamento e visualização dos trabalhos realizados pela turma.


6ª aula: O professor fará um debate sobre a atividade desenvolvida, e os alunos terão a oportunidade de falarem sobre as dificuldades e alegrias encontradas durante as etapas do trabalho. E para finalizar, o professor postará no Blog da Escola, os trabalhos feitos pela turma.


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

"QUEM CANTA, ENCANTA XII"


Queridos alunos, está se aproximando o encerramento da 12ª edição do Projeto Quem canta, encanta XII, com o tema Resgatando valores.
O evento acontecerá dia 30/11/2011, no Teatro do Nec à partir das 17 horas.
Contamos com a presença de todos!

domingo, 20 de novembro de 2011

Dia da consciência negra

O que é o Dia da Consciência Negra? Celebrado no dia 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra homenageia e resgata as negras raízes do povo brasileiro. Escolhido por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, ele é dedicado à reflexão sobre presença do negro na sociedade brasileira. "O Dia da Consciência Negra sinaliza a ideia do marco, marca o valor da conquista da liberdade deste grupo", explica Roseli Fischmann, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Metodista, de São Bernardo do Campo, na região metropolitana da capital paulista.

O dia da Consciência Negra também põe em pauta a importância de discutir a temática negra na escola. A inclusão de assuntos ligados à África e ao povo negro na educação formal é uma das estratégias para reconhecer a presença desse grupo na história do Brasil - os negros correspondem a 6,8% da população brasileira segundo o IBGE, mas os chamados "pardos" chegam a um número próximo da metade da população brasileira. Não à toa, escolas e instituições diversas já reconhecem a importância de trabalhar a cultura negra em seu dia a dia.

Hoje, a lei brasileira obriga as escolas a ensinarem temas relativos à história dos povos africanos em seu currículo. Além disso, os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) estabelecem que a diversidade cultural do país deve ser trabalhada no âmbito escolar. "A sociedade em que vivemos valoriza outro estereótipo, o que resulta na invisibilização do negro. Isso tem um efeito bastante perverso: as crianças negras nunca se vêm e o que elas olham é sempre diferente delas", explica Roseli, que coordenou o grupo responsável pelo documento sobre Pluralidade Cultural nos PCNs. "A pluralidade cultural é um tema que pode ser abordado de forma transversal, em várias disciplinas", conclui. Estratégias simples, como a introdução de bonecas negras, podem ter um efeito positivo para reforçar a identificação cultural dos alunos negros. "Revelar a África pela própria visão africana também surte efeito. O continente produz cultura, histórias e mitologia, o que a perspectiva eurocêntrica não nos deixa ver", diz Oswaldo de Oliveira Santos Junior, pesquisador do Núcleo de Educação em Direitos Humanos da Universidade Metodista de São Paulo.

Texto Bruna Nicolielo, Marina Azaredo e Mayra Raizi

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Animação em Stop Motion

Curso Aprendendo com as Tics - 100 h

Aluna: Marta Gomes da Costa Porto

Técnica Stop Motion – animação com massa de modelar

Recursos : Máquina fotográfica;
Massa de modelar;
Tripé;
Software de edição de filme;


TEMA : Lenda do Boi Pintadinho

Personagens :

Sadyr Ferreiro , açougueiro , fazendeiro e laçador.
Boi que seu Sadyr levaria para o matadouro.
Boi pintadinho.
Foliões que acompanham o boi pintadinho.
Rapaz que fica embaixo do boi.


Breve Histórico da Lenda :

O boi pintadinho surgiu na África , em tempos imemoráveis , para abrilhantar as rodas de terreiro nas festas de lua cheia , em homenagem aos deuses.
Essa cultura foi trazida para o Brasil , provavelmente pelos negros africanos , e foi regionalizada. Em Macaé , a apresentação de bois pintadinhos nas ruas e avenidas é uma tradição marcante durante a festa de carnaval.
Até 1970 , praticamente todos os bairros da cidade , faziam seus bois pintadinhos.
Em 1982, um grupo de foliões macaense fundou “ A Banda do Boi Capeta “,
Os carnavais eram animados , com blocos de sujo e bois pintadinhos , mas havia muita rivalidade entre eles .
O boi da Aroeira não ia nos Cajueiros , o boi da Barra não ia na Aroeira.
Se um boi fosse no bairro que não fosse o seu , o pau quebrava. Era briga para o resto do carnaval.


Enredo da lenda :

Senhor Sadyr Ferreira era açougueiro , fazendeiro e grande laçador. Numa terça-feira de carnaval, vinha ele trazendo um boi no laço para o matadouro municipal.
Quando ia atravessar a linha férrea , se depara com um boi pintadinho do outro lado, cercado de uns oitenta carnavalescos.
Quando alguns foliões viram o boi de Sadyr , começaram a gritar :
__ Olha o boi bravo ! …
Mas , os outros achavam que era brincadeira e o rapaz que estava embaixo do boi de pano se mexia ainda mais, sem nada ver, achando graça.
O açougueiro tentava controlar o boi no laço , mas a corda partiu-se e o boi saiu em disparada.
As pessoas assustadas corriam para todo o lado.
Quando o boi de verdade se viu frente ao “ boi pintadinho “ , baixou a cabeça ,suspendeu o falso colega e o atirou longe , por cima de um muro .
O pobre rapaz que sustentava o boi pintadinho foi junto com tudo .Sadyr conseguiu laçar o boi e o pessoal foi socorrer o amigo machucado,que nunca mais quis saber de brincadeira de boi.


Descrição das cenas :

1ª Cena

Manhã, fazenda do seu Sadyr Ferreira, saindo para o matadouro municipal.

Senhor Sadyr Ferreira era açougueiro , fazendeiro e grande laçador. Numa terça-feira de carnaval, vinha ele trazendo um boi no laço para o matadouro municipal.


2ª Cena

No caminho do matadouro municipal,próximo a linha férrea,encontra o bloco de oitenta carnavalescos com o boi pintadinho.

Quando ia atravessar a linha férrea , se depara com um boi pintadinho do outro lado, cercado de uns oitenta carnavalescos.

3ª Cena

Durante a travessia da linha férrea , os foliões gritam devido a presença do boi e o rapaz embaixo do boi pintadinho começa a brincar.

Quando alguns foliões viram o boi de Sadyr , começaram a gritar :
__ Olha o boi bravo ! …
Mas , os outros achavam que era brincadeira e o rapaz que estava embaixo do boi de pano se mexia ainda mais, sem nada ver, achando graça.

4ª Cena

O boi do se Sadyr arrebenta a corda e foge.

O açougueiro tentava controlar o boi no laço , mas a corda partiu-se e o boi saiu em disparada.

5ª Cena

Com a fuga do boi, as pessoas correm assustadas.

6ª Cena

Ao ver o boi pintadinho, o boi de verdade o arremessou longe.

Quando o boi de verdade se viu frente ao “ boi pintadinho “ , baixou a cabeça ,suspendeu o falso colega e o atirou longe , por cima de um muro .
O pobre rapaz que sustentava o boi pintadinho foi junto com tudo.

7ª Cena

Seu Sadyr laça o boi e o rapaz é socorrido pelos amigos.

Sadyr conseguiu laçar o boi e o pessoal foi socorrer o amigo machucado,que nunca mais quis saber de brincadeira de boi.